15 novembro 2011

Editora Multifoco apresenta: Quadrinhos em História!

Editora Multifoco lança neste sábado sua primeira coletânea de histórias em quadrinhos.

Certamente quem escolheu o nome da editora Multifoco sabia muito bem o que estava fazendo: multifoco significa, naturalmente, muitos focos. Contrariando tudo o que dizem os especialistas em empreendedorismo - que garantem que o correto é ter somente um foco, e segui-lo obstinadamente - a Multifoco optou por focalizar em muitos e diferentes pontos, de modo a não deixar de fora nenhum foco de criação e arte produzida no Brasil. E é baseada nesta premissa que a Editora Multifoco lança agora sua primeira coletânea de HQs, reunindo quadrinistas e roteiristas de todo o país em uma compilação diferente, ousada e altamente desafiadora.
Coletâneas de HQs não chegam a ser novidades no Brasil. Mas esta esteve aberta ao público, que submeteu suas histórias em quadrinhos para avaliação, na busca por uma oportunidade de ver suas HQs saindo do papel e da tela do computador diretamente para a estante de todos aqueles que amam a fabulosa arte de contar histórias através de quadrinhos.

A ideia surgiu da cabeça da escritora Jana Lauxen e do editor da premiada revista Café Espacial, Sergio Chaves.
- Se existem no Brasil muitos escritores buscando seu espaço e um lugar para publicar suas histórias, evidente que há também muitos quadrinistas e roteiristas buscando o mesmo lugar embaixo do sol – explica Jana Lauxen, uma das organizadoras da antologia – Apenas tivemos que os encontrar e os reunir neste trabalho que, particularmente, eu achei sensacional.
A coletânea reúne, ao todo, 17 artistas, entre roteiristas, ilustradores e quadrinistas, e valeria somente pela capa, feita pelo artista Salu Santos.
- Há algum tempo que as HQs e os gibis deixaram de ser vistos com preconceito pelas pessoas e pelas editoras. Todo mundo leu HQs quando era criança, e estas mesmas pessoas, hoje, são leitores muito mais atentos e apaixonados por literatura. Desmerecer a importância dos quadrinhos é não ter nenhuma visão do seu fundamental valor na formação do novo leitor. Eu li gibis minha infância inteira, e por isso mesmo sou uma pessoa viciada em leitura. Mas se, quando eu tinha 10 anos, eu tivesse ouvido minhas professoras e lido Machado de Assis ao invés de Turma da Mônica, certamente teria horror de livros. As HQs alimentam os novos leitores, que, lendo, se tornam mais críticos, e se tornando mais críticos, aprendem a pensar por conta própria, se tornando cidadãos mais atuantes em nossa sociedade.
No entanto, continua Jana Lauxen, engana-se quem pensa que HQs são para crianças:
- Se for, então eu devo ter uns sete anos até hoje. Deverei ter uns sete anos para sempre.

O lançamento do livro acontecerá dia 19 de novembro, entre 18h e 21h, no Espaço Multifoco (Av. Mem de Sá, 126 – Lapa – Rio de Janeiro).
Quem não puder comparecer ao lançamento e tiver interesse em adquirir seu exemplar, é só entrar em contato com a Editora Multifoco através do telefone 55 21 25071901, ou pelo e-mail jana.lauxen@hotmail.com.
E conforme está escrito na apresentação do livro Quadrinhos em História: “As histórias em quadrinhos fazem parte de nossas vidas desde o berço, e quem não leu gibis não pode ser uma pessoa de confiança”.
Que bom que a editora Multifoco multifocalizou a arte produzida no Brasil.