29 junho 2009

Ela e Ele.

A maldita era branca e o seu apelido era Branco.
Branco por causa dela, a branca.
Cocaína era uma merda.
Mas ele gostava dela, e gostava tanto, que ganhou o apelido: Branco.
E agora, tanto tempo depois, outra vez ela.
A maldita.
Ali.

Leia o resto clicando aqui.